12.9.19

Grupo de amigos instrumentistas faz miniconcertos para pacientes internados em Araraquara

Música humaniza local e melhora níveis de depressão e ansiedade, diz psicólogo hospitalar.

10/09/2019 | Por EPTV2, com edição do CCBN

Instrumentistas fazem miniconcertos em hospitais para ajudar pacientes em Araraquara

O grupo instrumental Haja Paz, formado por músicos que tocam na Congregação Cristã no Brasil, resolveu usar o talento musical para levar conforto a pacientes internados em um hospital de Araraquara (SP).

Os amigos músicos apresentam miniconcertos voluntariamente de duas a três vezes por mês, com intuito de levar um pouco de bem-estar aos pacientes do Hospital São Paulo.

A música nos corredores do hospital envolve acompanhantes e pacientes que aos poucos saem nas portas dos quartos para acompanhar a apresentação.

Grupo de amigos faz trabalho voluntário levando música para pacientes de hospital de Araraquara. — Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV

Recuperação mais leve

Segundo o psicólogo hospitalar Lucas Gonçalves Perches, o som calmante deixa a recuperação mais leve.

“A música traz um pouco de humanização e transformando esse lugar, que para muita gente é aversivo, um pouco mais agradável. Melhora os níveis de ansiedade e depressão que às vezes a gente encontra por aqui”, afirmou.

O repertório é tocado por um conjunto formado por violoncelo, violino, viola de arco, flauta e clarinete. Por cerca de uma hora, os músicos passam pelos espaços comuns do hospital e mesmo quem não pode ir até o corredor se beneficia com o som calmante e relaxante.

Há dois anos frequentando o hospital para cuidar do marido, a dona de casa Dalva Ferreira Luiz diz que a rotina fica mais amena com a música.

“Faz bem para a alma, tira o estresse, a ansiedade. O dia a dia é muito cansativo e [a música] ajuda, fortalece, conforta bastante”, disse.

Grupo de instrumentistas toca voluntariamente algumas vezes por mês para pacientes de hospital. — Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV

O grupo pretende expandir a ação para outros hospitais e asilos da cidade.

“Reunimos seis, sete amigos e decidimos fazer esse trabalho social porque a gente sabe que é muito importante, traz conforto para o pessoal que está internado e para os funcionários também. É muito gratificante para a gente fazer esse tipo de trabalho”, afirmou o músico Thiago Stain.

Um comentário:

  1. Deus abençoe este musico da CCB uma boa ação que esta fazendo.por que a musica acalma os paciente e ajuda na recuperação

    ResponderExcluir